quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Treino do Papão será de noite

Nem pela manhã, muito menos à tarde. O treino de hoje do Paysandu, na sequência de preparação do time para encarar o Salgueiro (PE), no próximo sábado (30), será em horário pouco habitual: às 18 horas. A novidade foi anunciada ontem pela assessoria do clube. A movimentação noturna é justificada pela comissão técnica em função do horário da partida - 18h30. Ontem, os treinos aconteceram nos períodos da manhã e à tarde, ambos no campo do Kasa, em Ananindeua.
Na matinal houve movimentação técnica sob a orientação do treinador Mazola Júnior e, na parte vespertina, um trabalho tático. Hoje, Mazola deve ministrar o primeiro coletivo da semana, quando já começa a dar cara ao time que inicia o confronto com o Salgueiro. O time não deve mudar muito em relação aquela que começou a partida contra o ASA, levando em consideração o fato de o treinador ter elogiado o comportamento de sua equipe na partida.
A única novidade deve ser mesmo o retorno de Zé Antônio, livre da suspensão que o tirou do jogo contra o ASA. Resta saber se Mazola fará opção pela utilização de dois ou três volantes. O coletivo, além de servir de “laboratório” para o técnico bicolor, também permitira ao time conhecer e começar a se adaptar ao novo piso da Curuzu. “Vamos treinar nessa quinta-feira para conhecer melhor o campo”, salientou Paulo Rafael. O goleiro acredita que o grupo não terá dificuldade. “Não vai haver nenhum problema nesse sentido, o campo está bom e vai ajudar ao bom futebol”, apontou.
**Fonte Diário do Pará

Para reconquistar a fiel

Jogadores querem aproveitar partida na Curuzu para reatar relação de confiança com a torcida
O jogo de sábado contra o Salgueiro-PE vem cercado de algumas expectativas. A primeira é a necessidade de o Paysandu voltar a vencer para manter acesa a chama da esperança para a segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o mata-mata que garante o acesso para a Segunda Divisão. A outra é a reabertura da Curuzu, que teve trocados o gramado e o alambrado por placas de vidro laminado, além de um novo placar eletrônico. Ontem à tarde, antes do treino na academia do estádio bicolor, alguns jogadores caminharam pelo novo piso. Amanhã, quando houver o treino final antes da partida, os jogadores do Paysandu vão conhecer pela primeira vez o novo campo alviazul.
Entre os que deram uma breve caminhada, o centroavante Dennis testava o gramado novo em folha, literalmente, e lembrava que foi ele que marcou um gol no último jogo oficial do Leônidas Castro, ainda pelo Campeonato Paraense. “Fiz o último gol do gramado antigo e, se tiver oportunidade, quero fazer do novo”, comentou o camisa nove.
Em boa fase com atuações que têm lhe garantido entre os titulares, Dennis reconhece que mesmo tendo sido apenas dois jogos sem balançar as redes, isso já o chateia. Ele sabe que o momento bicolor não é dos melhores e só a vitória para deixar a equipe ainda na disputa por uma das vagas do G-4.
“São dois jogos sem marcar e isso me incomoda. Mas tenho que continuar trabalhando e mantendo a confiança para o que vier”, disse. “Particularmente, não vejo a hora de jogar, conhecer a nova Curuzu. A gente olha de fora e vê que está muito bonito aqui. Quero reencontrar o caminho das vitórias e tenho certeza que a torcida vai nos apoiar muito”, completou o atacante.
Dennis sabe também que essa relação com a torcida tem que ser reatada depois da campanha irregular do Papão na Terceirona, sem falar do preço salgado da partida (R$ 50,00). Ele garante que quem estará em campo fará de tudo para corresponder todas as expectativas. “O torcedor está chateado como nós estamos, também. Mas ela pode ter certeza que vamos dar o sangue em campo em busca desses três pontos”, finalizou o centroavante.
**Fonte JAmazonia

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Cronograma de ingressos para Paysandu x Salgueiro

Os ingressos para a partida entre Paysandu x Salgueiro, neste sábado (30) às 18h30h no Estádio da Curuzu, começarão a ser vendidos a partir desta quarta-feira (27), no Estádio da Curuzu e na Sede Social, a partir das 08h30. 
Confira abaixo o cronograma de vendas detalhado:
VALOR DOS INGRESSOS
R$ 50,00 – ARQUIBANCADA
R$ 100,00 – CADEIRA
VENDA DE INGRESSOS DE MEIA/ESTUDANTE
Os ingressos serão vendidos na próxima sexta-feira (29), a partir de 08:30h, no Estádio da Curuzu. VALOR: R$ 25,00 (vinte e cinco reais). A venda será feita por ordem de chegada à fila.
DISTRIBUIÇÃO DE INGRESSOS PARA IDOSOS E MENORES
Será realizada no Estádio da Curuzu no dia do jogo (30/08/2014).
DISTRIBUIÇÃO D EINGRESSOS PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA
Será realizado na Sede da Associação Paraense das Pessoas com Deficiência, a APPD, localizada na Passagem Alberto Engelhard (Vila Teta), 213, Bairro de São Brás.
DISTRIBUIÇÃO DE INGRESSOS PARA LOCATÁRIOS DE CAMAROTES DA CURUZU
Será realizada na Sede Social a partir desta quarta-feira (27)
VENDA PARA SÓCIOS PROPRIETÁRIOS
A venda será realizada a partir desta quarta-feira (27), na Sede Social do Paysandu. 
R$ 25,00 – ARQUIBANCADA (50 INGRESSOS DISPONIBILIZADOS)
R$ 50,00 – CADEIRA (50 INGRESSOS DISPONIBILIZADOS)
CARGA DE INGRESSOS DO PAYSANDU DISPONIBILIZADAS PARA VENDA
9.820 – Arquibancadas – VALOR: R$ 50,00
972 – Cadeira – VALOR: R$ 100,00
400 – Meia / Estudante – VALOR: R$25,00
50 – Arquibancada Sócio Proprietário Paysandu – VALOR: 25,00
50 – Cadeira Sócio Proprietário Paysandu – VALOR: 50,00
11.292 – TOTAL DISPONIBILIZADO PARA VENDA
16.200 – TOTAL DE INGRESSOS
**Fonte Site Oficial do Paysandu

Atacante está na mira

Diretoria do Paysandu corre atrás de um atacante que atualmente defende um clube da Série B
Faltando quatro dias para a partida de sábado com o Salgueiro-PE, válido pela 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Paysandu corre contra o tempo para tentar contratar um centroavante para ser o goleador do time. No entanto, essa procura tem sido inglória, já que a essa altura da temporada, achar alguém que se encaixe nesse perfil e no poder aquisitivo do clube não é uma tarefa das mais fáceis.
Semana passada, o clube esteve próximo de acertar com um camisa nove que defende um clube da Série B, chegando, inclusive, a acertar os salários com o atleta. Mas a negociação foi suspensa. “Não está descartada a vinda desse jogador, que sequer foi relacionado para a partida da equipe dele no fim de semana”, explicou o presidente Vandick Lima.
De acordo com o dirigente, a dificuldade é encontrar um jogador que esteja bem fisicamente e com ritmo de jogo, pronto para chegar e ser aproveitado de imediato. “O Mazola pediu mais um atacante e estamos buscando. Mas não adianta trazer alguém que precise de um tempo para entrar em forma. Tem que chegar pronto para jogar.”
Em entrevista ao ORM News, o gerente executivo de futebol do Papão, Sérgio Papellin, salientou a carência do time nesta posição, haja vista que Ruan, Rômulo, Héliton e Leandro Carvalho estão no departamento médico. “Entendemos e sabemos que há a necessidade desta contratação, principalmente pela lesão do Ruan e o problema de condicionamento físico do Rômulo. Estamos trabalhando nesta contratação. Se aparecer um, vamos trazer.”
Os atacantes à disposição para jogo do final de semana seguem sendo somente Dennis, Bruno Veiga e Jéferson Maranhense. A dupla de ataque, porém, tem sido composta por Dennis e Yago, que segue sendo experimentado na linha de frente do time, apesar de seguir se declarando lateral direito.
**Fonte JAmazonia

Paysandu vence São Francisco-AC e garante classificação antecipada

O Paysandu venceu o São Francisco-AC na tarde desta terça-feira, pela segunda rodada da Copa Norte Sub-20, e garantiu a classificação antecipada para as semifinais da competição. O duelo terminou 2 a 1 para a clube paraense. Caio Ribeiro marcou duas vezes para o Papão, e Wisley descontou para os acreanos.
Com o resultado, a equipe alviceleste chega aos 6 pontos e mantém 100% de aproveitamento da competição, sendo o único time a vencer os dois jogos no Grupo B. Os bicolores estão garantidos na próxima fase da competição independente dos resultados da última rodada. Isso porque o Americano-MA, segundo colocado, só pode chegar aos 5 pontos, já que tem dois empates.
O Comercial-PI e São Francisco-AC se enfrentam na 3ª e última rodada e, com apenas um ponto cada, só conseguem avançar de fase caso o Americano-MA perca para o Paysandu na quinta-feira.
Confira os confrontos do Grupo B na última rodada:
São Francisco-AC x Comercial-PI – 28/18, às 14h, no Estádio Francisco Vasques
Americano-MA x Paysandu – 28/18, às 16h, no Estádio Francisco Vasques

Classificação:
Paysandu – 6 pontos
Americano-MA – 2 pontos
São Francisco-AC – 1 ponto (saldo -1)
Comercial-PI – 1 ponto (saldo -2)

**Fonte GloboEsporte/PA

A casa está quase pronta

O trabalho no estádio Leônidas Castro passa pelos últimos reparos para a reabertura de sábado. O diretor de patrimônio do Paysandu, Leonardo Maia, garantiu que esses trabalhos estão centrados apenas na parte da manutenção e dos ajustes, que pelo planejamento terminam nesta quarta-feira. 
“Nós estamos na fase de manutenção do gramado e ajustando o sistema de irrigação dele. Estamos também realizando o trabalho de ajustes da iluminação do Estádio, já que agora nós possuímos uma subestação de energia própria da Curuzu, onde antes era feito com um grupo gerador, agora será feito totalmente pela subestação do Paysandu, dando condições de ampliar a iluminação e dando também mais qualidade na iluminação do estádio”, disse.
Leonardo ainda ressalta que a Curuzu está liberada pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar. Curiosamente, em um levantamento feito pelo ORM News, o site da FPF (Federação Paraense de Futebol) atesta uma irregularidade do estádio. Três dos quatro laudos necessários para regularizar o local para a partida do próximo final de semana estariam vencidos. O funcionário responsável pelo envio dos laudos pelo Paysandu, Francisco Meireles, que garantiu que não há problema algum. “A Curuzu está ok. Nós já recebemos e enviamos todos os laudos necessários para a Federação Paraense”, disse.
No site da Federação Paraense de Futebol o estádio Leônidas Castro segue com os laudos sobre as condições sanitárias e de higiene, sobre a prevenção e combate a incêndio e sobre a segurança vencidos nas respectivas datas: 10 de janeiro, 20 de março e 10 de abril, ambos de 2013, ou seja, vencidos. O único ítem necesário para a liberação que está regular é acerca da engenharia do estádio aprovado até o dia 27 de janeiro de 2015. 
Juarez Scotta, diretor de competições da federação paraense, confirmou que os laudos foram enviados pelo clube e foram encaminhados à Confederação Brasileira de Futebol, que colocou o jogo para a Curuzu. O problema que houve foi interno e somente no site da federação.
Quanto à instalação das traves e dos bancos de reservas, uma empresa terceirizada já está trabalhando para a conclusão desta etapa. “Já foi realizada a demarcação de onde irá ficar as traves. Os bancos de reservas e dos árbitros já estão prontos, esperando apenas a instalação das cadeiras, que será feita por uma empresa terceirizada”, disse Leonardo Maia.
**Fonte JAmazonia

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Mazola em busca de um goleador


Faltando seis rodadas para o final da primeira fase da Série C do Brasileiro, o Paysandu volta a dar sinais claros da falta de planejamento do clube para a disputa da competição. O anúncio do interesse na contratação de um novo atacante, que, segundo o técnico Mazola Júnior, viria para preencher a lacuna deixada por Lima, que se transferiu para o Ceará-CE, chega a causar espanto entre os torcedores bicolores, já que, a esta altura do campeonato, os clubes já estão com seus elencos formados, o que não é o caso do Papão, que este ano já trouxe para a Curuzu um total de 25 atletas.

A procura do novo atacante foi anunciada pelo próprio técnico Mazola após a derrota do último domingo diante do ASA-AL. Como os dirigentes estavam viajando ontem com a equipe, no retorno de Arapiraca, somente hoje é que o presidente Vandick Lima, acompanhado dos dirigentes do futebol do clube, entre eles o gerente Sérgio Papelin, deve tratar mais intensivamente do assunto. O problema é encontrar atacante em disponibilidade no mercado e que esteja não só informa, mas também interessado em aceitar o salário que o clube pode pagar e que não é revelado à imprensa.

Não existe dúvida de que desde a saída de Lima, o time bicolor vem carecendo de um autêntico goleador. O ex-ídolo da Fiel se transferiu para o Vovô Cearense deixando em Belém um histórico dos mais positivos: 21 gols, marcados na participação do Papão no Parazão, Copa Verde, Copa do Brasil e Série C. Ainda que disponha de número satisfatório de jogadores para a posição, Mazola reconhece que não tem, em campo, o retorno que esperava ter desses atletas.

O atacante Dênnis, por exemplo, vinha reclamando da falta de sequência de jogos para poder mostrar serviço. Mas nas últimas três partidas o atleta foi mantido como titular, contudo sua produção ficou muito aquém do que necessita a equipe. O jogador só conseguiu marcar contra o Coxa, passando em branco nas partidas seguintes, com o agravante de deixado escapar, no mínimo, duas grandes chances de balançar a rede no último domingo. Os demais atacantes, Rômulo, Ruan e Jéferson Maranhense não estão sendo aproveitados. Os dois primeiros por estarem lesionados e o último por opção do treinador.


**Fonte Portal DOL

Na volta à Curuzu, Paysandu coloca ingressos a R$50 e R$ 100

O Paysandu deve anunciar ainda nesta segunda-feira o cronograma da venda de ingressos para o jogo contra o Salgueiro, no próximo sábado, que marca o retorno do clube ao Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. Os bicolores voltam a atuar em Belém após punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, de perda de três mandos de campo. 
Enquanto os locais e o início das vendas não são divulgados, a assessoria de imprensa do clube confirmou os valores dos bilhetes: R$ 50 as arquibancadas e R$ 100 as cadeiras, definidos em reunião na manhã desta segunda-feira na sede social alviceleste. A carga total disponibilizada será de 12 mil. Com isso, o clube aumenta o preço que vinha sendo comercializado no último jogo com mando de campo bicolor, em Castanhal, contra o CRB, que foi de R$40,00.
**Fonte GloboEsporte/PA

Objetivo da comissão técnica é trazer mais um atacante

Ainda no gramado, momento depois do apito final da derrota para o ASA-AL, o técnico Mazola Júnior deixou claro que apesar de todos os elogios feitos por ele ao elenco em seu retorno, vai ser preciso de pelo menos mais uma contratação para a busca pelo acesso: um centroavante. “Não podemos colocar a responsabilidade sobre poucos jogadores. Temos atletas lesionados, outros fora de forma e outros que atuam mais pelos lados. Na semana passada estivemos muito próximos de acertar com um nome de peso, mas não foi possível. Precisamos desse jogador o quando antes”, disse o treinador.
Em entrevista por telefone ao ORM News, ontem à tarde, o diretor e colaborador do futebol do clube Roger Aguilera disse que ainda não pode se posicionar sobre a declaração de Mazola. Segundo ele, somente quando a comissão técnica estiver em Belém deve haver um encontro para tratar do assunto. “Eu estou em Belém, não fui pra lá (Arapiraca), por isso não posso te dizer nada. Vou esperar ele retornar para a gente se reunir e definir isso.”
Depois da saída de Lima para o Ceará-CE, que pelo Papão marcou 21 gols em 2014, o Paysandu já efetuou a contratação de quatro atacantes: Gabriel Barcos, Jéferson Maranhense, Rômulo e Bruno Veiga. Desses, Barcos pediu rescisão contratual com apenas 15 dias de clube. Alegando problemas pessoais, o atacante deixou Belém para retornar ao Maringá-PR, mesmo sem poder jogar o Brasileiro da Série D. O elenco ainda conta com Dennis, Leandro Carvalho e Héliton, sendo que esses dois últimos estão no departamento médico.
**Fonte JAmazonia

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Copa Norte Sub-20: Paysandu vence Comercial-PI por 2 a 0, no Sousa

O “Papãozinho” iniciou bem a sua participação na Copa Norte Sub-20, vencendo logo de cara o primeiro adversário, o Comercial-PI. O confronto foi realizado na tarde deste domingo (24), no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém.
A chuva forte que caiu na capital paraense atrapalhou um pouco o desenrolar da partida. No entanto, o time bicolor procurou pressionar o adversário em jogadas pelas laterais. A estratégia alviceleste foi marcar forte e forçar o erro dos visitantes a errar. E assim saiu o primeiro gol: em uma falha da zaga piauiense, o lateral-direito Caio José chutou forte e abriu o placar.
– Tive a oportunidade, forcei um pouco e decidi chutar. Tive a felicidade e o gol saiu – contou o atleta ao site oficial do clube.
No segundo tempo, quem marcou foi o atacante Adriel, uma das grandes promessas das categorias de base do Paysandu. Em um vacilo do meio-campo do Comercial, o volante Ronison cruzou na medida para o atacante bicolor completar.   
– É muito bom começar marcando. No Paraense eu tive esta oportunidade, e agora estreei com um gol também. Estou trabalhando muito para que isso aconteça, e espero que possa marcar em todos os jogos e ajudar meu time – disse o artilheiro.   
O técnico bicolor ficou satisfeito com o resultado, e ressaltou algumas falhas da equipe, que tem o título como objetivo.   
– Começamos bem, mas erramos muito e fomos lentos nas saídas de bola. Normal, vamos procurar corrigir no decorrer da semana e trabalhar forte, pois a competição é curta e qualquer erro pode nos prejudicar – salientou Samuel Candido.   
A próxima partida do Papãozinho é terça-feira (26), às 16h, no estádio Francisco Vasques. O adversário será o São Francisco, do Acre.
**Fonte GloboEsporte-PA